Guida Maria dá voz a lamentos de mulheres

"Os Monólogos da Vagina" repõe amanhã no Teatro Villaret

Guida Maria lê e interpreta situações que retratam a mulher na sua vida íntima e social
Foto
Guida Maria lê e interpreta situações que retratam a mulher na sua vida íntima e social DR

A peça de teatro “Os Monólogos da Vagina”, da jornalista e activista política norte-americana Eve Ensler, é reposta amanhã no Teatro Villaret, em Lisboa, com interpretação de Guida Maria e encenação de Celso Cleto.

O espectáculo estreou em Outubro de 2001, no Casino do Estoril, e o seu sucesso nessa altura motivou agora a sua reposição.A peça baseia-se em entrevistas feitas a mais de 200 mulheres sobre o seu órgão sexual. Durante uma hora e meia, Guida Maria lê e interpreta situações – umas reais, outras ficcionadas – que retratam a mulher na sua vida íntima e social. A actriz conta experiências de várias mulheres sobre temas como a violação, a menstruação, o orgasmo, as idas ao ginecologista, os lamentos a propósito dos maridos infiéis e as terapias de grupo. A peça inclui um monólogo dedicado à experiência do parto e outro às mulheres violadas na Bósnia.
“Os Monólogos da Vagina” já foi interpretada, com êxito, por actrizes como Brooke Shields, Glenn Close, Susan Sarandon, Whoopi Goldberg e Melanie Griffith.
A versão que sobe ao palco lisboeta é uma tradução de José Luís Luna, com direcção plástica de Fernando Marques de Oliveira, e pode ser vista de quinta a domingo, às 21h30, até 23 de Fevereiro.