Jaime Gama disponível para suceder a Guterres

Foto
Gama avança e António Vitorino fica em Bruxelas Matt Campbell/AFP

António Vitorino, um dos nomes apontados como o provável sucessor de Guterres, terá já comunicado ao partido a sua indisponibilidade para regressar de Bruxelas, avança a TSF.Fontes da Comissão Permanente do PS - que continua reunida em Lisboa - avançaram à Lusa que Jaime Gama terá recolhido o apoio dos principais dirigentes do partido, entre os quais o de Ferro Rodrigues, um dos nomes apontados para a sucessão de Guterres.
Apesar de o actual ministro dos Negócios Estrangeiros não reunir total consenso no seio do partido, deverá avançar com a sua candidatura na reunião da Comissão Política socialista no sábado.
O ainda presidente da Câmara de Lisboa e dirigente do PS, João Soares, manifestou ontem disponibilidade para avançar para a liderança do partido apenas "em condições excepcionais".
Em declarações à TSF, o deputado do PS Eduardo Pereira afirmou que perante a disponibilidade manifestada por vários dirigentes socialistas para suceder a Guterres "não se deveria ter proposto a António Vitorino que regressasse".