Academia sueca das Ciências

Prémio Nobel da Literatura atribuído ao britânico V. S. Naipaul

Considerado um mestre da prosa, Naipaul é conhecido pelas suas análises penetrantes
Foto
Considerado um mestre da prosa, Naipaul é conhecido pelas suas análises penetrantes Prashant Panjiar/AFP

O Prémio Nobel da Literatura 2001 foi atribuído ao britânico (nascido em Trinidad e Tobago) V. S. Naipaul. A Academia das Ciências sueca salienta a sua capacidade de união entre a "narrativa perceptiva e uma descrição pormenorizada incorruptível" em trabalhos "que nos compelem a ver a presença de histórias reprimidas".

"V. S. Naipaul só se sente à vontade no seu interior, no seio da sua expressão inimitável", descreve a academia sueca.Vidiadhar Surajprasad Naipaul (ainda que use "V. S." para assinar todos os seus livros), elevado ao título de sir em 1990, nasceu no dia 17 de Agosto de 1932, na ilha de Trinidad (Antilhas), no seio de uma família de imigrantes indianos. Com 18 anos parte para Inglaterra e segue os estudos no Queens Royal College, antes de ingressar em Oxford para estudar Literatura Inglesa.
Depois da publicação de algumas novelas e romances (entre os quais se destaca "The Mystic Masseur",1957, adaptado ao cinema este ano) escreve, em 1961, "A House for Mr. Biswas". Sofrendo da dupla impossibilidade, enquanto imigrante indiano das Antilhas, de se integrar totalmente na sociedade inglesa e de regressar às suas raízes indianas, o livro acaba por conduzir Naipaul à celebridade.
Escritor-viajante em crise de identidade, Naipaul percorre todo o mundo (Índia, Antilhas, América Latina, África e Oriente), com a inquietação de escrever para dar conta, ao mundo, das diferentes pessoas, o seu quotidiano e as suas famílias.
Na sua maturidade enquanto escritor publica numerosas obras, entre as quais "Guerrillas" (1975), "A Bend in the River" (1979), "The Enigma of Arrival " (1987), "Among the Believers: An Islamic Journey" (1981), "India: A Million Mutinies Now" (1990) e "A Way in the World" (1994), algumas das suas obras maiores.
Em 1998 publica "Beyond Belief: Islamic Excursions Among the Converted Peoples", depois de refazer, 17 anos mais tarde, uma viagem pela Indonésia, Irão, Paquistão e Malásia.
Titular de numerosos prémios, entre os quais o Booker Prize (1971), Sir V. S. Naipaul, reside actualmente no sudoeste de Inglaterra.
Considerado um mestre da prosa, Naipaul é conhecido pelas suas análises penetrantes. Na sua ficção e ensaios, marcados pelo virtuosismo estilístico e pela densa análise psicológica, é seu costume escrever sobre a sua infância e pelas suas viagens por Trinidad e Tobago. Escrevendo num tom que oscila entre a ironia e o pessimismo, o autor dedica uma particular reflexão aos problemas dos países em desenvolvimento e à relação entre estes e a cultura ocidental.