Novo guia de Bridget Jones

É um guia para a vida, o novo "Bridget Jones's Guide to Life", o mais recente livro da escritora e jornalista Helen Fielding. Foi posto à venda a 12 de Março (especialmente para o Red Nose day, organizado pela Comic Relief), tem 61 páginas e custa pouco mais de duas libras. Edição limitada, pode ser encomendado através da Internet e quem o comprar está a ajudar com duas libras a Comic Relief. Esta organização pediu a J.K. Rowling, a Delia Smith e a Helen Fielding para escreverem livros que serviriam para angariação de fundos. E nada melhor para anteceder a estreia do filme homónimo baseado no livro "O Diário de Bridget Jones", com Rennée Zellweger (a actriz que contracenou com Tom Cruise em "Jerry Maguire") que teve que engordar e aprender o sotaque britânico (ela é uma rapariga do Texas) para conseguir o papel. Terceiro livro da série Bridget, é mais uma vez uma celebração da vida de solteira. É divertido, tal como os anteriores. A arte de fazer conversa é delicada. Bridget lembra às mulheres aquilo que nunca devem dizer a um homem quando estão a fazer sexo: "Amas-me?"; "Já meteste?" ou "Enche-me com os teus filhos". Os homens também são ensinados a evitar coisas do género: "Bolas, esqueci-me de levar o carro para fazer a revisão" ou "Isto é só para passar um bom bocado, não é?". Tem também vários truques para ajudar uma solteira a não ter recaídas e a não pensar que é uma infeliz porque não tem namorado ou porque foi abandonada por um homem, até chegar a ajuda das amigas, que são a solução nestas situações. Aqui fica a lista dos primeiros socorros:1 - Emborcar Chardonnay pela goela abaixo. 2 - Acender um cigarro. 3 - Comer chocolate (...), 4 - Telefonar para todas as amigas (evitar as casadas presunçosas) e declarar estado de emergência, em caso algum... telefonar ao homem (...)." Há também uma lista de filmes que se deve ver até chegar a ajuda. Um deles é o "Gladiador" ("porque o que precisamos é mesmo de homem a sério de saias"). A organização Comic Relief foi lançada em 1985 num campo de refugiados em Safawa, no Sudão, e desde essa altura angaria dinheiro para os mais pobres e mais vulneráveis do Reino Unido e de África. Ajudam as pessoas a ajudarem-se, por isso os seus projectos são sempre de longo prazo. De dois em dois anos, organizam o dia do nariz vermelho, durante o qual toda a gente é convidada a comprar e a usar um nariz vermelho como o dos palhaços e não só. Para mais informações vá a <_http3a_ _www.comicrelief.com2f_entry.shtml="">.