O nosso passado, o nosso presente e o nosso futuro só é garantido pela contínua criatividade.

  • O nosso passado, o nosso presente e o nosso futuro só é garantido pela contínua criatividade.

  • Sob o ponto de vista institucional, o Papa Bento XVI morreu. Acabou. Mas julga que não.

  • "A mais profética das aparições" foi, afinal, contada ao sabor do tempo e do que se pedia a uma das videntes que tivesse visto.

  • Temos dois novos vícios pouco produtivos: apontar o ridículo dos Trump e analisar em excesso a linguagem corporal do Papa Francisco.

  • Francisco ofereceu ao Presidente dos EUA encíclica sobre a necessidade de defender o ambiente. Trump ofereceu-lhe livros de Martin Luther King.

  • O líder da Igreja Católica apela a uma comunicação "de esperança e confiança" e sublinha que não se trata de promover a desinformação.

  • Dir-se-á que Fátima está feita e que não há mais nada a fazer. Mas nada está feito.

  • Francisco está a fazer uma reforma das finanças do Vaticano sem precedentes e a uma velocidade nunca vista na Santa Sé. Desde o preço dos santos aos biliões depositados.