Tragédia em Pedrógão Grande

Todos os tópicos

  • Em Pedrógão, cartazes à entrada e no centro da vila agradecem ao país a ajuda, mas dirigem-se, acima de tudo à população: “As pessoas sabem que não estão abandonadas”, diz o presidente da câmara.

  • Angariou 22 mil euros na Alemanha e veio para Pedrogão dá-lo às vítimas que mais precisavam. A maioria foi para idosos, os poucos que ainda vivem nos lugares perdidos nas serras.

  • O Ministério da Administração Interna espera pelos resultados da comissão independente para tomar medidas mais abrangentes. Até agora, implementou medidas no combate a incêndios, mas estrutura da Protecção Civil e relação com SIRESP continua igual.

  • Junto ao solo calcinado os fetos renasceram. Os eucaliptos mostram rebentos verdes. O corte dos pinheiros mortos começou. A regeneração natural avança, mas falta ainda um plano que junte o Estado e os privados para que a floresta que está nascer seja ordenada e resistente ao fogo.