A ideia do sono bom mitificou-se ao ponto de se tornar uma fantasia para boa parte da população. Teresa Paiva, neurologista, defende uma revolução social que devolva ao sono a importância que ele tem. Para que a moda de falar do sono não seja apenas isso e leve a uma alteração de comportamentos.

  • A ideia do sono bom mitificou-se ao ponto de se tornar uma fantasia para boa parte da população. Teresa Paiva, neurologista, defende uma revolução social que devolva ao sono a importância que ele tem. Para que a moda de falar do sono não seja apenas isso e leve a uma alteração de comportamentos.

  • Entre as sete listas apresentadas às eleições de 19 de Setembro, há três apoiadas por sindicatos ou constituídas por dirigentes sindicais e uma que tem entre os seus membros dirigentes da Apre, que já estão representados no conselho.

  • É fundamental ter profissionais de saúde motivados para o trabalho.

  • É surpreendente a escassez de literatura e comunicação relativa aos efeitos diretos dos incêndios na saúde.

  • Associação Portuguesa do Cancro Cutâneo diz que o mercado das loções bronzeadoras não está regulamentado, ao contrário do que acontece com os protectores solares. Os valores de protecção solar indicados podem “iludir as pessoas” e ser, de facto, uma “falsa protecção”.

  • Extensão do Plano Nacional de Saúde Mental entra em discussão pública. Até 2020 deverá ser terminada a transição dos hospitais psiquiátricos para a rede de serviços de proximidade. O que passa pela criação de serviços locais de saúde mental e unidades de internamento em hospitais gerais.