Poder local

Todos os tópicos

Eis que senão, passado o “quadriénio sabático”, o regresso dos “antigos” autarcas se faz de forma parecida à “invasão das bombocas”.

  • Eis que senão, passado o “quadriénio sabático”, o regresso dos “antigos” autarcas se faz de forma parecida à “invasão das bombocas”.

  • Se Abril de 74 nos trouxe a materialização da quimera da liberdade e de um país livre de um regime de ditadura, Abril de 76 trouxe a todos os portugueses e portuguesas a promulgação da nova Constituição da República Portuguesa.

  • Os 23 ex-autarcas que vão voltar a candidatar-se nas próximas eleições não podem ser impedidos de o fazer por razões legais, mas deveriam abster-se de o fazer. A decisão destes dinossauros peca por razões morais e nada augura de bom para os munícipes e para os municípios.

  • O Governo quer alterar o modo como as áreas protegidas são geridas, dando mais poder aos municípios nas questões económicas e tirando poderes ao Instituto de Conservação da Natureza. PCP, BE e PEV são contra o novo modelo.

  • Eduardo Cabrita, ministro Adjunto, garante ao PÚBLICO que o facto de o poder local ir receber mais 2,9% de verbas em 2017 não tem nada que ver com o facto de haver eleições. “De maneira alguma”, diz.

  • Os poderes das regiões deverão ser objecto de ampla reflexão.

  • Ministro Adjunto diz que a avaliação de freguesias só será feita pontualmente e depois das autárquicas. A aposta é a transferência de competências já em 2018.

  • Caudal ecológico abaixo da média estabelecida no Convénio de Albufeira e a carga poluente com origem maioritariamente em Espanha degradam os ecossistemas do rio ibérico.