Orçamento do Estado

Todos os tópicos

  • O FMI apresentou a estimativa mais baixa até agora para o PIB português deste ano. E diz que, com o contributo do "Brexit", o impacto nas contas públicas força à aplicação de mais medidas.

  • O ministro das Finanças admite que a conjuntura internacional obrigue a revisões sobre este ano. O primeiro-ministro fala em “contas certas”.

  • Secretária-geral-adjunta reúne-se este fim-de-semana com os líderes concelhios do Porto, Braga e Viana do Castelo.

  • A procura externa e o “Brexit” são duas variáveis que estão a baralhar as contas do ministro das Finanças que admite já em Outubro rever as previsões.

  • Execução orçamental com défice de 395 milhões de euros, o que representa 7,2% do previsto para o ano.

  • Catarina Martins vai este domingo anunciar as exigências do BE para o Orçamento do Estado para 2017. Sobre a hipótese de Portugal sair da Europa foi peremptória: "O tempo não volta para trás, não vamos ser nações isoladas." Agora, esta Europa "não serve".

  • Execução orçamental aponta para défice “compatível com regras europeias”, diz Ministério das Finanças.

  • Plano de actividades considera “excessivo” concentrar financiamento do sistema nos beneficiários e admite que, no futuro, as entidades públicas voltem a contribuir. Director-geral da ADSE diz que isso só acontecerá se houver défices.