Reunião ocorreu na Casa Branca, e porta-voz da ONU revelou que o encontro foi "interessante e construtivo".

  • Reunião ocorreu na Casa Branca, e porta-voz da ONU revelou que o encontro foi "interessante e construtivo".

  • Pastas do arquivo da Comissão de Crimes de Guerra da ONU vão ser abertas esta semana ao público pela primeira vez em Londres.

  • Estamos apenas no início de quatro anos de presidência Trump, e já vamos aqui. O que pretende ele?

  • Kim In-ryong, embaixador adjunto da Coreia do Norte na ONU, afirmou que a actual situação de tensão pode gerar "uma guerra termonuclear".

  • Sem um acordo, gostaria a UE de assistir a uma futura nova guerra no seu seio, em parte consequente da sua inabilidade política?

  • Assim vai o mundo onde o direito internacional é espezinhado, outrora ao canhão, agora com mísseis.

  • O aviso chega da Organização Mundial de Saúde, que denuncia que os financiamentos dedicados à água, saneamento e higiene são ainda insuficientes.

  • Investigação da Associated Press, centrada numa rede de exploração sexual criada por tropas cingalesas em missão no Haiti, diz que continua impune o antigo secretário-geral da ONU descreveu como "um cancro no sistema" da organização.

  • Num caso, Guterres quis promover um palestiniano — e perdeu. Noutro, enfrentou uma colega que usou a palavra "apartheid " para descrever Israel — e ganhou. Mas nada é assim tão simples.