Real Madrid

Bruxo de Fafe é “estrela” na imprensa espanhola

Cristiano Ronaldo anda de bruxo em bruxo Foto: Juan Medina/Reuters

Depois do presidente do Real Madrid, agora é a imprensa espanhola a perguntar ao bruxo de Fafe o que se passa com Ronaldo, transformando uma alegada “magia negra” numa luta ibérica de bruxaria, contou o próprio Fernando Nogueira.

“Já dei uma entrevista ao jornal ‘El Mundo’ e a TVE vem a Fafe nos próximos dias para falarmos sobre a alegada magia negra que fizeram ao Cristiano Ronaldo”, referiu Fernando Nogueira, o bruxo de Fafe, depois de mais uma entrevista para a Marca, o maior jornal desportivo espanhol.

Fernando Nogueira, conhecido como bruxo de Fafe, tornou-se de repente uma estrela dos media espanhóis, tudo porque estará a tentar anular os efeitos de uma alegada magia negra desencadeada por um bruxo espanhol.

Nogueira tem também trocado e-mails com Florentino Perez, o presidente do Real Madrid, a quem escreveu a manifestar a “total disponibilidade” para analisar o caso.

Também um membro da família do jogador entrou em contacto com o bruxo de Fafe a pedir “ajuda”, segundo conta o próprio.

A alegada magia negra que o bruxo espanhol Pepe diz ter feito, por encomenda de uma antiga namorada, ao jogador do Real Madrid, está a provocar as mais diversas reacções em Espanha e em Portugal.

“Os jornalistas espanhóis dizem que é uma guerra ibérica de bruxos mas não é”, frisou Fernando Nogueira.

“O Cristiano Ronaldo não tem magia negra nenhuma. Teve o azar de se lesionar e de o médico da selecção portuguesa de futebol ter dito que ele podia jogar contra a Hungria, agravando ainda mais a lesão”, disse o bruxo.

Em Espanha, Pepe, insiste que fez magia negra ao jogador português e que nada o fará voltar atrás.

“O máximo que o tal homem que diz que é bruxo pode ter feito, foi uma feitiçaria psicológica para atormentar o Cristiano e a família”, frisa Fernando Nogueira.

Pepe enviou uma carta ao Real Madrid a informar o clube do objectivo dos actos que terá realizado: acabar com a carreira de Cristiano Ronaldo.

Em comunicado, o gabinete de imprensa do clube madrileno desvalorizou o caso, revelando mesmo que já não era a primeira vez que recebiam cartas com ameaças de feitiçarias.

“O Cristiano Ronaldo não tem que ter medo de nada, tem é que fazer a fisioterapia para ficar bom e não se deixar intimidar pelo efeito psicológico que este caso lhe provoca”, salientou a mesma fonte.

Ainda a recuperar de uma lesão, o jogador esteve ao serviço da selecção nacional no jogo contra Hungria, tendo sido substituído depois de se ressentir do problema no tornozelo direito.

Se amanhã, quarta-feira, Cristiano estiver no Estádio D. Afonso Henriques a assistir ao jogo Portugal-Malta, Fernando Nogueira vai-lhe entregar “um amuleto contra o mau-olhado”.

“Se não estiver presente, o amuleto vai pelo correio até Madrid para proteger o nosso jogador de alguns loucos que há em Espanha”, finalizou o bruxo de Fafe.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues