Modalidades

Andebol: FC Porto ganha ao Benfica e mantém a liderança

O pavilhão Dragão Caixa assistiu a uma vitória do FC Porto Foto: Luís Efigénio/nFactos (arquivo)

A equipa de andebol do FC Porto venceu o Benfica (23-22), em jogo da 12.ª jornada do campeonato, mantendo a liderança na prova.

Os portistas conseguiram, nos últimos cinco minutos, acertar tudo o que lhes correu mal durante o encontro, já que a marcha do marcador foi sempre liderada pela equipa da Luz.

Com este desfecho, os “dragões” mantêm a liderança da competição e distanciam-se do Benfica, um dos principais rivais, a par do ABC, que joga no domingo em casa do Sporting.

O Benfica entrou bem melhor do que a equipa da casa e em pouco mais de dois minutos vencia por 3-0, com os “dragões” a enfrentarem grandes dificuldades diante do “muro” defensivo adversário. Com quatros golos no primeiro período, o russo Zaikin passou a merecer especial atenção a partir dos 15 minutos, altura em que o FC Porto começou a acertar mais com as marcações, mas a falhar inúmeras vezes na “cara” do guarda-redes Ricardo Candeias.

Os benfiquistas mantiveram a vantagem sempre entre os dois e os três golos quase até ao intervalo, altura em que o acerto dos da casa permitiu reduzir a vantagem para um golo, aproveitando ainda a expulsão de Rui Silva.

O segundo período começou com a primeira situação de empate do jogo, mas o Benfica voltou a mostrar mais acerto a defender e a atacar e recuperou a vantagem de três golos. O FC Porto recuperou dinamismo e aos 11 minutos voltou a empatar, mas perdeu o “ponta” direita Ricardo Moreira, que saiu lesionado de um lance fortuito com Zaikin.

O desacerto portista na hora do remate manteve-se até aos últimos cinco minutos, altura em que o “ponta” Sérgio Rola, que substituiu Ricardo Moreira, marcou dois golos seguidos, fazendo a equipa da casa passar pela primeira vez para a frente na partida. Entre os “encarnados” destacava-se o russo Zaikin, o melhor marcador da partida, com sete golos, que manteve a equipa na luta até ao fim, mas a ponta final do “sete” da casa foi superior.

Jogo no pavilhão Dragão Caixa, no Porto
FC Porto - Benfica, 23-22

Sob a arbitragem de Daniel Martins e Roberto Martins, as equipas alinharam e marcaram:

FC Porto (23): Hugo Laurentino, Gilberto Duarte (4), Filipe Mota (2), Daymaro Salina, Tiago Rocha (5), Dario Andrade e Ricardo Moreira (5). Jogaram ainda: Alfredo Quintana, Wilson Davys, Pedro Spínola (5), Hugo Santos e Sérgio Rola (2)

Benfica (22): Ricardo Candeias, David Tavares (1), João Pais (2), Georgy Zaikin (7), Carlos Carneiro (4), Rui Silva (2) e Inácio Carmo. Jogaram ainda: Cláudio Pedroso (1), Nuno Roque (1), José Costa (4), Cláudio Pedroso e Nuno Grilo

Assistência: Cerca de 1.000 espectadores

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.