Neurociências

Todos os tópicos

Tiago Reis Marques foi premiado outra vez aos 38 anos. Trabalha em Londres, no Instituto de Psiquiatria do Kings College

  • Tiago Reis Marques foi premiado outra vez aos 38 anos. Trabalha em Londres, no Instituto de Psiquiatria do Kings College

  • Maria Arminda demorou 30 anos até conseguir dar nome às suas noites em claro. Tem uma síndrome das pernas inquietas, que afecta 10% das pessoas. Nesta sexta-feira assinala-se o Dia Mundial do Sono, quando muitos portugueses assumem que as noites já não chegam para recarregar baterias.

  • A Rainha Sofia, de Espanha, esteve em Lisboa por ocasião de encontro entre cientistas da Fundação Champalimaud (Portugal) e da Fundação Rainha Sofia (Espanha), que se juntaram para definir projectos de investigação conjuntos na área das doenças neurodegenerativas.

  • Ninguém sabe ao certo como actua este transmissor neuronal que é o alvo de antidepressivos como o Prozac. Uma equipa portuguesa descobriu um efeito inédito que poderá dar pistas para resolver o mistério.

  • Pela primeira vez, um estudo avaliou a importância das expressões faciais para nos ajudarem a recordar palavras associadas à felicidade, ao medo ou ao nojo. Apesar de estas expressões não serem fundamentais para nos lembrarmos das emoções, podem tornar as suas memórias mais fáceis, rápidas e rigorosas.

  • O que faz que uma ave seja uma ave? Quando é que as aves perderam os dentes? Qual a relação entre e o canto das aves e a fala humana? Uma análise genética sem precedentes dos genomas de dezenas de espécies de aves permitiu vislumbrar respostas — e algumas delas são surpreendentes.