"Felizmente, não ficámos órfãos"

Cinco jovens estudantes de licenciatura, mestrado e doutoramento em História reuniram-se no Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa para conversarem sobre uma das figuras incontornáveis da democracia portuguesa, Mário Soares.

Artigos relacionados

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.