Caro leitor, para termos mais força, temos de contar consigo também

Acontece que estes tempos extraordinários, em que o jornalismo é mais importante do que nunca, acontecem num momento de grande transformação nos media. O modelo de negócio está em rápida transformação, deixando-nos com menos receitas do jornal que chega às bancas e ainda sem que o mundo digital as consiga substituir. Esta mudança chegou-nos em cima de uma crise que o país viveu. Para sobreviverem, para sobreviverem com a mesma ou melhor qualidade, os melhores jornais tiveram que lhe pedir alguma coisa: uma assinatura, no nosso caso. Assine o PÚBLICO. Passe a palavra. Juntos somos mais fortes. E o país também. 

Comentários

Comentar

Caracteres restantes: