A segunda vida do Santa Maria Manuela

O navio Santa Maria Manuela foi construído em apenas 62 dias úteis para a pesca de bacalhau na Terra Nova e Gronelândia. Foi inaugurado a 10 de Maio de 1937 e baptizado com o nome da esposa do armador, Maria Manuela. Navegou em campanhas de pesca desde essa data até 1993 – altura em que foi considerado obsoleto. A Fundação Santa Maria Manuela surgiu no ano seguinte, com o objectivo de recuperar o navio. No entanto, a segunda vida do Manuela só começou em 2010, depois de quatro anos de remodelações, que começaram quando a empresa Pascoal o adquiriu, em 2007.

Hoje, não é preciso ser-se tripulante para subir a bordo: o Santa Maria Manuela pertence à empresa Recheio Cash & Carry, do grupo Jerónimo Martins, e é utilizado para fins turísticos. Pode alugá-lo, visitá-lo quando está atracado na marina do Parque das Nações, em Lisboa, dormir a bordo ou embarcar numa viagem com a tripulação, para uma verdadeira experiência de vida de mar.  

Veja mais vídeos PÚBLICO 360º.

Comentários

Comentar

Caracteres restantes: