Monarquia

Todos os tópicos

Em 2016, Iñaki Urdangarin, marido da infanta Cristina, tinha sido condenado a seis anos e três meses de prisão, por fraude e desvio de fundos públicos.

  • Em 2016, Iñaki Urdangarin, marido da infanta Cristina, tinha sido condenado a seis anos e três meses de prisão, por fraude e desvio de fundos públicos.

  • Marido da rainha de Inglaterra deixará de ter uma agenda oficial. Caberá ao príncipe Carlos e à terceira geração assumir cada vez mais as tarefas da monarquia.

  • O príncipe que viveu um passo atrás da rainha Isabel II teve na imprensa o seu lugar de destaque. Grande parte das vezes devido às polémicas afirmações que proferia.

  • Está há 65 anos à espera de ser rei. Bedell Smith dedicou-lhe uma biografia, não autorizada. Nela explica que o príncipe é um homem divertido, informal, simpático e de voz sexy.

  • Iñaki Urdangarin pode continuar a viver na Suíça desde que se apresente todos os meses às autoridades e comunique viagens fora da Europa.

  • A absolvição da Infanta Cristina, “um leve consolo”, não apaga o abalo provocado à monarquia pelo processo de corrupção. Seis anos depois, o novo rei recuperou o povo.

  • No seu auto-exílio, Cristina já andou por Washington e Genebra. Em Espanha diz-se que se segue Lisboa. A Fundação Aga Khan em Lisboa desconhece.