A companhia italiana Telecom, participada da espanhola Telefónica, oficializou nesta quinta-feira a oferta de sete mil milhões de euros à francesa Vivendi para adquirir a brasileira GTV.