Hugo Chávez

Todos os tópicos

  • Nicolás Maduro quer que o país eleja uma Assembleia Nacional Constituinte cidadã. Adversários vêem medida como um golpe para se agarrar ao poder.

  • A inflação está acima dos 800%. Não há emprego. Os princípios da liberdade social e política não se aplicam. É a receita perfeita para o desastre.

  • Um jovem de 18 anos e uma mulher de 24 morreram depois de terem sido baleados em Caracas e no estado de Táchira, respectivamente. Apoiantes do Presidente também se manifestam na capital.

  • Grande protesto convocado para recolher assinaturas e convocar referendo para retirar mandato ao Presidente venezuelano desencadeou uma nova onda de repressão.

  • A extensão do estado de emergência económica vem “legitimar a arbitrariedade” do poder, diz o investigador Andrés Malamud. As ruas, esfomeadas e descontentes, estão radicalizadas e o recurso à violência pode precipitar a queda do regime.

  • O apelo de Uribe serve de pretexto a Maduro para tornar a Venezuela cada vez mais irrespirável.

  • Estratégia para fazer cair o Presidente passa por três frentes: pressão popular, referendo e revisão constitucional. Maduro garante que não sai e convocou também uma manifestação na capital.