Gurus da Internet

Todos os tópicos

  • Nicholas Carr, finalista do Pulitzer, tem sido um crítico dos efeitos da Internet no nosso cérebro. Diz que a velocidade e bombardeamento de informação constante estão a fazer-nos perder a capacidade de concentração e a tornar-nos menos reflexivos. Quinta e última entrevista da série sobre a Internet.

  • Evgueny Morozov, polémico bielorrusso a trabalhar nos EUA, defende que devemos ser mais realistas sobre os benefícios da Internet. Ditadores apanharam dissidentes recorrendo à web, fazem também muitas campanhas de contra-informação. Quarta entrevista da série sobre a Internet.

  • Ethan Zuckerman, o fundador do Global Voices, um site que é uma comunidade mundial, diz que ainda há muitas zonas do mundo sobre as quais estamos completamente em branco. Encurtámos distâncias com a Internet, mas não assim tanto. Terceira entrevista da série sobre a Internet.

  • O polémico Jeff Jarvis, um dos grandes gurus americanos da Internet, tem defendido aguerridamente as vantagens de tornar público aquilo que muitos têm pudor em revelar. No futuro próximo, "abandonaremos esta noção que temos do nosso negócio como conteúdo para uma noção que anda à volta da ideia de conexões", prevê. Segunda entrevista da série sobre a Internet.

  • Começou a usar a Internet em 1992, numa altura em que ainda era preciso perceber um pouco de tecnologia para saber navegar na web. Quatro anos depois, iniciou a análise dos efeitos sociais da Internet, a que ainda hoje se dedica. O americano Clay Shirky (n. 1964), autor dos livros Eles Vêm aí: o Poder de Organizar sem Organizações (de 2008, em Portugal editado pela Actual Editora) e Cognitive Surplus: Creativity and Generosity in a Connected Age (2010), teve o seu primeiro computador apenas aos 28 anos.