• Ministro da Saúde comprometeu-se a iniciar negociações para rever acordo colectivo de trabalho, dizem dirigentes dos sindicatos que apoiam protesto de enfermeiros especialistas.

  • O secretário-geral da CGTP acusou hoje a PT de cometer “mais uma ilegalidade” ao requisitar trabalhadores para serviços mínimos para a greve de sexta-feira, exigindo ao Governo que intervenha nesta empresa que “não pode estar acima da lei”.

  • Desde 3 de Julho que alguns enfermeiros especialistas se têm recusado a prestar cuidados diferenciados, como protesto contra o facto de não serem pagos como tal. Sindicato conta negociar com tutela em Setembro.

  • A Comissão Negociadora Sindical dos Enfermeiros deu esta sexta-feira um prazo até 11 de Julho para que o Governo apresente uma proposta para resolver a diferença de salários dos enfermeiros especialistas.

  • Em causa estão as decisões do director do prisão na gestão de pessoal e a falta de condições de trabalho dos guardas prisionais.

  • Até onde é legítimo fundar reivindicações de carácter sindical ou posições exclusivamente corporativas na ameaça a interesses colectivos fundamentais?