• Relance do levantamento francês, entre République e um mosteiro medieval

  • O fenómeno meteorológico atingiu uma partida de futebol infantil na Renânia, ferindo 35 pessoas. Na capital francesa, três crianças e um adulto correm risco de vida.

  • Presidente veio reforçar as garantias do primeiro-ministro, Manuel Valls: o novo Código do Trabalho é para manter e "não é altura de pôr a economia francesa em dificuldades".

  • Barack Obama não vai pedir desculpa pelo lançamento da bomba atómica sobre Hiroxima e Nagasáqui em 1945. Mas outros chefes de Estado e de Governo pediram perdão por atitudes (e crimes) cometidos pelos seus países.

  • Governo dá mensagens contraditórias sobre o que pretende fazer. Greves do sector energético deixaram um terço das 12 mil estações de serviço em ruptura total ou parcial e reduziram em 6% produção de electricidade nas centrais nucleares.

  • esta quinta feira, 26, os controladores páram por um dia. Só a Ryanair anunciou ter sido obrigada a cancelar 70 voos com origem ou destino em França