Delegações prolongaram as negociações por mais 24 horas. França exige vigilância de 25 anos para garantir fim da vertente militar do programa nuclear iraniano. Irão insiste na anulação das resoluções da ONU.