Procuradoria-Geral da República publicou comunicado sobre a investigação feita pela consultora internacional Kroll.

  • Procuradoria-Geral da República publicou comunicado sobre a investigação feita pela consultora internacional Kroll.

  • Os Governos de Sócrates e Passos não só tinham margem de manobra negocial com os credores internacionais, como obtiveram com a crise um pretexto para aprovar medidas impopulares. Estas são algumas das conclusões de um estudo de dois investigadores da Universidade Nova.

  • Entre 2001 a 2015, Portugal só não esteve em situação de défice excessivo em dois anos: 2004 e 2008.

  • "Enviei o pedido de Portugal ao Parlamento alemão, que tem de o aprovar, mas estou certo de que não haverá nenhum problema", disse o ministro alemão, sobre o pagamento antecipado ao FMI.

  • Portugal poupou cerca de 1,3 mil milhões de euros em pagamentos de serviço de dívida, em 2016, comparativamente às taxas de juro que teria de pagar para se financiar nos mercados, segundo estimativas do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE).

  • Se os pesos e contrapesos da democracia americana não funcionarem rapidamente, resta-nos a desordem mundial encarnada pelo actual Presidente. Por isso, mesmo com a casa arrumada, trancas à porta.