O Times diz que Philip Hammond conseguiu mesmo o apoio dos membros mais eurocépticos do Governo, onde é uma figura cada vez mais forte.