• Cada companhia deve posicionar-se como um centro de excelência de promoção para a saúde e estilo de vida saudável para os seus colaboradores.

  • Não são as décimas a mais ou a menos do desemprego que preocupam. É a tendência.

  • No final de Março havia 640.200 pessoas desempregadas. Esta é a segunda subida registada no último ano.

  • Administração de Stock da Cunha defende legalidade da decisão de impedir entrada de trabalhadores “que já não têm funções a desempenhar”, no mesmo dia em que mais um sindicato se queixou à ACT.

  • Administração do banco continua a vedar acesso de uma centena de funcionários às instalações e ao sistema informático.

  • Sob formas sub-reptícias, há novamente sinais de desumanização, injustiça social, perda de dignidade e, sempre a par do muito medo pelo trabalho (do desemprego).

  • No último trimestre do ano passado, 25,3% da população empregada tinha terminado um curso universitário ou no ensino politécnico. É o valor mais elevado de que há registo, mais do dobro em duas décadas. O emprego aumentou mais nas profissões ligadas a serviços pessoais de protecção e vendedores.