• Não haverá redução de verbas para os acordos de cooperação com o terceiro sector, “até porque ainda há respostas sociais” que é preciso alargar. “Faltam creches nas grandes cidades”, exemplifica secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim.

  • A maior parte das medidas são na área da conciliação da vida familiar com a vida profissional. Mais de 50% das empresas que no ano passado integraram o grupo apresentam pelo menos 30% de mulheres em cargos directivos.

  • Os hotéis do antigo grupo Carlos Saraiva (actualmente Nau Hotels) vão receber nos próximos três meses, no Algarve, 20 mil participantes numa iniciativa do grupo VW. Foi preciso antecipar contratações.

  • Esboço do Orçamento aponta para manutenção da tendência de redução do desemprego do último ano, mas com melhoria mais acentuada dos níveis salariais.

  • Sindicato lembra que Tribunal Constitucional considera que os cortes nos salários já não fazem sentido em 2016. Estruturas sindicais vão reunir-se com secretária de Estado Carolina Ferra.

  • Estimativa provisória do INE para Novembro aponta para taxa de desemprego de 12,4%, igual à de Outubro.

  • Podem concorrer até 6 de Janeiro os 71 docentes de carreira que nesta altura do ano estão sem turma atribuída nas escolas.