Em sede de IRS

Taxa de 3,5 por cento dará o dobro da receita anunciada com imposto extra

O imposto extraordinário em sede de IRS a cobrar no Natal que o Governo vai apresentar hoje ao fim da tarde deverá consistir numa sobretaxa anual de 3,5 por cento sobre os rendimentos brutos anuais deduzidos de um salário mínimo nacional anual.

Os responsáveis do Ministério das Finanças não confirmaram nem desmentiram esta informação quando contactados pelo PÚBLICO. O valor desta taxa permitirá no entanto obter uma receita adicional de cerca de 1600 milhões de euros, em vez dos 800 milhões inicialmente anunciados.

Esta oneração dos rendimentos que está em preparação pelo Governo já foi apreciada por vários especialistas e o facto de se ter optado pela forma de sobretaxa suscita dúvidas, pois há quem considere que se trata de um novo imposto.

Notícia corrigida às 9h53

Leia mais na edição do PÚBLICO de hoje e na edição digital exclusiva para assinantes

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues