Projecto na sequência da dissolução do consórcio Asterion

Brisa e CCR concorrem à privatização da ANA

Falta ainda definir o modelo de privatização da ANA Daniel Rocha

As empresas anunciaram hoje que vão estar juntas na corrida à venda da gestora aeroportuária, que está calendarizada para este ano.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Brisa afirma que celebrou hoje com a brasileira CCR um “Memorando de Entendimento com vista à constituição de um agrupamento para avaliar e, eventualmente, concretizar, no quadro do processo de privatização anunciado pelo Governo de Portugal, a oportunidade de aquisição e gestão da ANA e das operações aeroportuárias que a esta incumbem”.

Este acordo surge na sequência da dissolução do consórcio Asterion, criado anteriormente para participar na privatização da gestora aeroportuária estatal e na exploração do novo aeroporto de Lisboa.

“A Brisa e a CCR (…) têm já uma relação histórica assente numa colaboração estreita em projectos concretos e de grande sucesso e identificaram a privatização da ANA e a indústria da gestão aeroportuária como oportunidade”, refere o comunicado, acrescentando que esta privatização se enquadra “no seu leque de competências, nos respectivos planos estratégicos e no projecto de colaboração que pretendem continuar a promover entre si”.

A privatização da ANA está calendarizada para este ano pelo Governo, mas o modelo de venda ainda não é conhecido, nomeadamente no que diz respeito aos aeroportos incluidos na operação. Também em 2012 será aberto o capital da TAP e da CP Carga. Já o processo de venda dos CTT será iniciado este ano.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.