Anacom vai lançar ferramenta para medir velocidade da Internet

Regulador das comunicações quer reforçar transparência dos contratos em matérias como períodos de fidelização e consumos ilimitados.

A Anacom vai lançar em breve uma ferramenta chamada Netmed que permitirá aos consumidores medirem a velocidade de acesso à Internet e compará-la com a velocidade do serviço que contrataram.

“Muito em breve colocaremos à disposição dos consumidores uma ferramenta para avaliar a velocidade da Internet”, anunciou a presidente da entidade reguladora das comunicações (Anacom) no final do congresso anual da APDC, que terminou na quinta-feira.

Com este instrumento, que se chamará Netmed, o consumidor poderá avaliar a velocidade real de acesso à Internet através de redes fixas e verificar se é “muito diferente do valor máximo que contratou”, explicou a presidente da Anacom.

Fátima Barros adiantou que o regulador quer reforçar o controlo da qualidade e transparência da oferta de serviços de Internet, disponibilizando aos consumidores “uma ferramenta independente” de avaliação da velocidade que o ajudará a escolher entre as várias alternativas no mercado.

A reguladora mostrou-se ainda “preocupada com as inúmeras reclamações” recebidas pela entidade supervisora relativamente a preços de pacotes de serviços, períodos de fidelização e consumos ilimitados, onde a informação prestada ao consumidor é muitas vezes insuficiente e desadequada.

Referindo o “comportamento agressivo e mesmo abusivo” das forças de vendas das empresas de telecomunicações, “que afectam a reputação do sector”, garantiu que a Anacom vai tomar medidas para “prevenir abusos” e reforçar a transparência dos contratos.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.