Despedimentos

Todos os tópicos

  • Administração da empresa de mobiliário, que agora se chama Albará, está a ser investigada pelo Ministério Público, diz que o Fisco não libertou contas bancárias necessárias para revitalizar negócio.

  • Pedro Mota Soares garante que os 697 trabalhadores a enviar para a requalificação não têm funções atribuídas. PS diz que muitos “estão agora a trabalhar” e PCP fala em "maior despedimento colectivo" do país.

  • Os patrões querem prolongar regime de excepção de pagamento das horas extraordinárias

  • Apareceram jornalistas, activistas, políticos no final desta segunda-feira e ficaram parados, uns em frente ao edifício Diário de Notícias, na Avenida da Liberdade, em Lisboa, outros em frente ao edifício Jornal de Notícias, Rua de Gonçalo Cristóvão, no Porto - uns e outros a mostrar desagrado com os despedimentos no Diário de Notícias, no Jornal de Notícias, no Notícias Magazine, na TSF, na Global Imagens e n’ O Jogo; uns e outros solidários com quem tem o nome na lista.

  • O que se exige é uma democracia em que as pessoas estejam primeiro e uma economia que cumpra o que é suposto cumprir: conferir qualidade de vida e bem-estar social às pessoas.