Desemprego

Todos os tópicos

  • Taxa de desemprego ficou nos 10,5% no último trimestre de 2016 e média anual nos 11,1%, abaixo da estimativa do Governo. No último ano, criaram-se mais de 82 mil empregos, à boleia do turismo e dos licenciados

  • As boas notícias associadas à queda do desemprego devem ser devidamente temperadas com as notícias menos boas do aumento da emigração ou do número de desencorajados, as quais implicam uma redução do potencial produtivo do país.

  • Redução deverá ser mais lenta do que nos dois últimos anos, antevê a OCDE.

  • Imprevisibilidade, tensões e recuperação lenta da Europa tornam crescimento mais incerto. OCDE alerta para a fragilidade das finanças públicas e da banca.

  • Quem defende o aumento dos salários é também quem se tem batido pelo combate à fraude patronal que são os falsos recibos verdes e por mais direitos para os trabalhadores independentes.