Linha da Beira Baixa está cortada entre Mouriscas e Belver.

  • Linha da Beira Baixa está cortada entre Mouriscas e Belver.

  • Desde Janeiro que praticamente todos os dias há supressões de comboios na linha do Oeste devido a falta de material. Empresa procura recuperar automotoras que já estavam fora de serviço, mas avarias são quase diárias

  • Defensores do património ferroviário tentam salvar equipamento e já foi lançada uma petição para impedir que destruam a composição que fez a viagem inaugural da tracção eléctrica entre o Rossio e Sintra, em 28 de Abril de 1957.

  • Animal terá sido atirado de viaduto para a linha férrea. Comboios não foram suspensos e terão atropelado o cão várias vezes.

  • Dotar comboios com um sistema semelhante ao airbag e recorrer a iluminação com tonalidade azul são algumas das várias sugestões.

  • Entre 2006 e 2015, pelo menos 492 pessoas suicidaram-se na ferrovia portuguesa. Substituição compulsiva da tripulação após o acidente, identificação dos “pontos quentes” e iluminação da via são medidas capazes de prevenir os suicídios e minimizar o trauma que estes deixam em quem conduz os comboios.

  • Os autarcas estão contra os pagamentos nas ex-Scut, não só pelo prejuízo que estas implicam para a região, como também porque há lanços A23 e A25 têm lanços em “péssimo estado”.

  • Electrificação da via férrea no troço Caíde–Marco volta a atrasar-se, porque será necessário fazer mais obras no túnel.