• Quem o diz é Sérgio Monteiro, ex-governante e coordenador do processo de venda do Novo Banco, referindo-se a operação voluntária de troca de títulos de dívida.

  • Há um ano, no primeiro trimestre de 2016, prejuízos tinham sido de 249,4 milhões de euros.

  • A Procuradoria-Geral da República (PGR) está a investigar operações em bolsa realizadas dias antes da polémica transferência de obrigações do Novo Banco para o BES. Em causa pode estar um crime abuso de informação privilegiada.

  • O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos diz que foi levantado um processo disciplinar a um trabalhador por querer fiscalizar uma empresa do BES/GES.

  • Paulo Ralha diz que “o sistema informático não trabalha sozinho” e que há “coincidências” no período temporal dos “apagões” das transferências offshores que têm de ser esclarecidas.

  • Assinado em 2010, durante o Governo de José Sócrates, acordo garantia regime fiscal mais vantajoso.