• A medida já tinha sido anunciada em 2014, mas não chegou a avançar. É agora recuperada no programa Simplex e deverá avançar nos próximos meses.

  • Para o Banco de Portugal nada parece ser problema: se a Mutualista enfrentar dificuldades, não há problema, isto apesar de ter uma exposição de quase 90% à Caixa.

  • Centeno diz que, para a saída do procedimento por défice excessivo, Bruxelas terá em conta a trajectória de redução do défice sem o impacto de medidas temporárias.

  • Paulo Macedo assumiu que o plano inicial será ajustado e não penalizará nenhum concelho

  • Mariana Mortágua diz que emissão a juros de mais de 10% é “uma má emissão” e pede ao Governo que não ceda aos “caprichos da Comissão Europeia”

  • Esperemos que a decisão conjunta do BCE e do BdP introduza alguma decência neste processo.