O Tribunal do Luxemburgo declarou a falência da Espírito Santo International (ESI), numa decisão de 27 de Outubro, o que significa que a empresa do Grupo Espírito Santo não consegue fazer pagamentos nem obter crédito..