A guerra na Síria

Todos os tópicos

  • Observatório Sírio dos Direitos Humanos corrobora informação divulgada por uma televisão iraquiana. Jihadistas terão finalmente ordens para falar da perda do líder, um dia depois da queda de Mossul.

  • Site de notícias locais diz que a maioria das vítimas são civis. Alvo foi uma cidade onde se acredita que estarão escondidos alguns líderes jihadistas.

  • Se usar de novo armas químicas, o líder sírio pagará um "preço elevado", avisa Washington. E revela que foram detectadas movimentações semelhantes às que antecederam ataque com gás sarin a 4 de Abril em Idlib.

  • Moscovo diz que aviões americanos que sobrevoem a Síria "a Oeste do rio Eufrates são alvos legítimos", depois de Washington derrubar caça do regime. Recuo territorial do Daesh redesenha a guerra.