Entre os casos confirmados, 11 são profissionais de unidades de saúde e quatro não tinham as vacinas actualizadas. Só há duas pessoas internadas e uma é a irmã da adolescente que morreu.

  • Entre os casos confirmados, 11 são profissionais de unidades de saúde e quatro não tinham as vacinas actualizadas. Só há duas pessoas internadas e uma é a irmã da adolescente que morreu.

  • Revelação foi feita pelo ministro da Saúde. Inspectora explica que vai ser necessário analisar o historial do que aconteceu no Hospital de Cascais.

  • A linha recebeu desde segunda-feira 29 chamadas de pessoas com alegados sintomas; 11 foram encaminhadas para as urgências, mas nenhuma tinha a doença.

  • Está na altura de pensarmos numa lei de vacinação obrigatória, pelo menos para algumas vacinas, e com penalizações associadas.

  • Partidos não querem legislar à pressa, e apenas CDS e Bloco ponderam avançar com propostas sobre a vacinação.

  • Há 21 casos confirmados pela DGS, a maioria são adultos e não vacinados. Jovem de 17 anos era de Sintra, um concelho que em 2014 tinha uma taxa de cobertura da vacinação de sarampo abaixo dos 90%