Reportagem de Catarina Gomes, Manuel Roberto e Ricardo Rezende conta a história dos filhos que os militares portugueses deixaram na Guiné. PÚBLICO venceu ainda na categoria Revelação.

  • Ana Lourenço, investigadora na área da regulação do audiovisual e docente de Direito, e João Lopes, jornalista e crítico de cinema, foram convidados pelo Governo. Simonetta Luz Afonso e Manuel Pinto foram aprovados por maioria do conselho de opinião na reunião da tarde desta terça-feira.

  • O grupo Media Capital, dono da TVI e da Rádio Comercial, entre outras estações e títulos, rejeita que esteja à venda e prefere realçar a melhoria dos resultados do primeiro semestre deste ano. Os resultados operacionais de 13,8 milhões de euros representam um aumento de 18% em relação ao período homólogo, enquanto os lucros líquidos de 7,09 milhões de euros significam uma melhoria de 30% em comparação com o ano passado.

  • A reportagem Filhos do Vento, de Catarina Gomes, Ricardo Rezende e Manuel Roberto, foi distinguida com o Prémio Gazeta na categoria Multimédia, atribuído pelo Clube de Jornalistas. Uma história sobre um tema tabu na sociedade portuguesa.

  • Na semana em que a Guiné Equatorial passa a fazer parte da CPLP, fomos a Malabo ver como se vive no país de Obiang que governa há 35 anos. O segredo para tão grande duração do regime é o medo e a violência sobre a população, dizem os opositores. O Governo nega e diz que no país respeita-se os direitos humanos.

  • Dois livros politicamente incorrectos encabeçam a minha lista semestral de leituras para férias.

  • 1. A SENSIBILIDADE DOS LEITORES: “Escrevo para lhe manifestar o meu profundo desagrado e estupefacção pela forma como o Público tratou, na edição 17 de Julho, o relatório recentemente apresentado pelo PSD para subir a natalidade em Portugal.

  • Com a tragédia do voo da Malaysia Airlines, o conflito ucraniano mudou de natureza. Deixar andar tornou-se impossível.