Coletes distribuídos aos fotojornalistas, repórteres de imagem e de pista das rádios que fazem a cobertura dos jogos têm publicidade, o que viola o estatuto da classe e pode levar à suspensão da carteira profissional.

  • Director e adjuntos demitiram-se esta quarta-feira. Administração propôs um sucessor ao conselho de redacção da Lusa.

  • Prisão de dois jornalistas britânicos ocorre num contexto de preocupação com a liberdade de imprensa na Turquia, onde, esta terça-feira, foram feitas buscas num grupo de media crítico do Presidente Erdogan.

  • A notícia da morte da influência dos debates televisivos não será um pouco exagerada?

  • A lata do homem que mais portugueses atirou para a pobreza não tem limites, a sua falta de vergonha é abissal, o seu decoro inexistente.

  • O antigo director do Jornal de Notícias (JN) Frederico Martins Mendes morreu esta segunda-feira no Hospital de Santo António do Porto, aos 77 anos, vítima de cancro.

  • O debate entre Jerónimo e Catarina Martins inaugura na terça-feira os duelos para as legislativas, e se é certo que nenhum ultrapassará as três horas e quarenta do confronto Soares/Cunhal, admite-se que o confronto Costa/Passos pode exceder o recorde de audiências do embate Passos/Sócrates.

  • Processo de restruturação do jornal de Jardim resulta numa nova imagem gráfica, nova direcção editorial e num novo nome. A Diocese vai sair e já há dois grupos nacionais interessados na compra.

  • Chegou a ser noticiado que estaria envolvido na organização de um protesto contra o julgamento do economista Carlos Nuno Castel-Branco e do jornalista Fernando Mbanze, mas a informação foi desmentida ao PÚBLICO.

  • Presidente da República apelou de novo ao diálogo entre partidos, mas já não fez finca-pé num governo maioritário.